segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Resoluções de Fim de Ano.



1. Ler um livro por mês.
2. Dormir mais.
3. Beber menos, de segunda à quinta, pelo menos.
4. Cantar na chuva.
5. Rever velhos amigos, principalmente os que moram longe.
6. Jantar a luz de velas.
7. Me emocionar mais.
8. Acreditar no coração, aceitando as consequências.
9. Ter menos medo, do escuro e de altura especialmente.
10. Viajar mais.
11. Deixar o cabelo crescer.
12. Fazer novas tattoos.
13. Escrever um livro.
14. Reconquistar, conquistar e manter.
15. Visitar o túmulo do Alexis.
16. Pedir desculpas e perdoar.
17. Ir ao show do Pearl Jam, Alice In Chains e Metallica.
18. Passar um ano sem trancar a faculdade.
19. Gargalhar.
20. Correr atrás dos sonhos, sem arrependimentos.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

He's Gone


Ele se foi, o cheiro ficou.
Ele se foi, e com ele levou
A vontade, a felicidade, a sanidade.
Ele se foi, a saudade ficou.
Ele se foi, o vazio voltou. 

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Under My Skin.

Eu nunca fui perfeita e você também não.
Eram tantas qualidades e mais defeitos ainda.
Tínhamos a paixão, a felicidade e a saudade ao nosso lado.
O que não tínhamos era algo que nos mantivesse juntos,
Além da vontade de estar juntos e nunca desistir.
O sentimento era o bastante, a vontade era bastante,
E isso foi o suficiente. Ou parecia ser.
Um queria mudanças o outro apenas compreensão.
Éramos melhores juntos, mas estar junto é sempre mais difícil.
A vontade ainda estava lá, mas um abismo se formou.
E o fim se aproximava com muitos 'por que' no ar,
Não adiantava fugir, não adiantava chorar.
Aceitar e continuar era o primeiro passo, era o passo mais difícil, 
Era o passo que tinha de ser dado.
Não dá para deixar de sentir e desistir, só se acostumar.
O tempo não cura, não substitui, ele só passa,
E ensina a viver sem as pessoas que vivem sem você.



terça-feira, 17 de julho de 2012

Doce Amargura.

O doce melhora
Suaviza e acalma
As coisas.
Mas é com o amargo
Que temos 
De nos acostumar. 

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Acostume-se.


Acostume-se.
Eu vejo demais,
Escuto demais,
Sinto demais.
Sou diferente,
Longe dos padrões.
Uns dizem, especial
E até sem igual.
Eu escolhi ser assim
Não vou mudar,
Ou me adaptar.
Fique ao meu lado
E tente se acostumar.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Descartável.


De uso rápido, necessário e temporário,
Como um objeto descartável.
Eu nunca quis ir embora da sua vida,
Mas você nunca me deu motivos para ficar.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Saudade.


Você pensa que é triste sentir saudade,
Até que percebe que triste mesmo é sentir saudade sozinha.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Na Superfície.

Ó, superficialidade,
Que desgasta
Que mata 
Todo e qualquer sentido que a vida tem.
Ó, superficialidade,
Que persiste em acabar com o que há de puro
Nas palavras,
No toque,
No olhar,
Nos sentimentos.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Solitude.

A carência do corpo e da alma
Não está apenas na 
Comida, bebida e descanso. 
A carência do corpo e da alma
Também está nos
Sorrisos, conversas e amores.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Ponto Final.

Vozes.
Passos.
Pensamentos.
Altos.
Baixos.
Sofrimentos.
Música.
Chuva.
Alegramento.
Sorrisos.
Lágrimas.
Momentos.
Linda.
Feia.
Ela mesma.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Alone.

E um dia você se vê sozinho.
Nem vozes nem passos pela casa.
E mais um dia você se vê sozinho.
Nem o próprio reflexo no espelho.
E um dia você se acostuma a estar sozinho,
Porque não é ruim ficar sozinho,
Ruim mesmo é acostumar-se à solidão.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Seguiu.

E a armadura foi-se desmanchando aos poucos,
Deixando a mostra a pele frágil e seus sentimentos.
E as portas e janelas foram se abrindo aos poucos,
Deixando entrar a beleza e a tristeza desse mundo louco.
E ela caiu, sangrou e chorou.
Levantou e sorriu.
Olhou em frente, dois caminhos, decidiu-se e seguiu. 


segunda-feira, 14 de maio de 2012

Venha,

Venha
Se for pra ficar.
Do seu jeito, bom ou ruim,
Venha
Se for pra ficar.
Caso o contrário
Fique onde está.
Não sentirei sua falta
Se nunca te tiver ao meu lado.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Just Feel.

Escrevo porque
Sinto.
Às vezes
Apenas sinto.
Outras vezes
Sinto tudo,
Sinto muito,
Sinto ao extremo.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

One Day.

- Você sabe que sou sempre sozinho,
 Não tenho amigos, não saio ou converso. Não posso contar com ninguém.
Nem nas horas boas nem nas ruins,
Isso é terrível.

- Suas palavras machucam, sabia?!
Eu estou aqui do seu lado, te procuro, te chamo, converso, me importo.
Mas você só nota a ausência dos outros, nunca minha presença.

- Não é verdade... você sabe que é importante pra mim.
Pra onde eu iria, com quem conversaria besterias nas madrugadas,
Ou faria coisas malucas, se não tivesse você?!

- Quero mesmo acreditar que você se importa, 
E poder tá do seu lado sempre.
Você já pensou que um dia eu posso cansar e realmente desistir da nossa amizade? 
Desistir de você?
É... eu posso, mas eu não consigo!
 Porque apesar de parecer não bastar, você tem um valor enorme pra mim.
Só, por favor, aprende a dar valor ao que você tem
Antes que realmente fique sem nada.


segunda-feira, 23 de abril de 2012

domingo, 22 de abril de 2012

Só Queria,

Eu só queria
Um olhar,
Uma palavra,
Um abraço,
Um carinho,
Um amor.
Eu só queria
Um café forte,
Um ombro amigo,
Menos lágrimas
E mais sorrisos.
Eu só queria
Um sonho,
Uma realização,
Uma verdade,
Um caminho.




sexta-feira, 20 de abril de 2012

Just It.

- O que eu fiz?

- Você apareceu na minha vida...

- E isso foi uma coisa ruim? Pensei que gostasse de mim.

- Essa é a parte ruim, eu gosto. 

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Louco.

Um tipo de loucura, 
Começa leve e domina todo corpo.
Faz sorrir e chorar,
Dançar e cantar,
Querer bem e afastar. 
Um tipo de loucura,
Que vem e vai embora na surdina.
Que às vezes
É minha única companhia.
Minha loucura e eu. 

sexta-feira, 30 de março de 2012

So Sorry.

Tenta me entender, pode até não ser o melhor pra você,
Mas no momento é o que eu tenho de fazer.
Tenta entender, vai ser difícil ficar longe, me perder de você,
Mas agora é o que eu tenho que fazer.
Provavelmente você não vai compreender.
Não vai aceitar, vai relutar,
Mas vai por mim, eu já me decidi.

Não vou te dizer que vai ser fácil, rápido e indolor.
Vai ser ruim, difícil, triste, vazio.
Mas depois de um tempo, vamos finalmente nos encontrar e sorrir.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Para o Alexis.

Eu o verei como se ele nunca houvesse partido.
Os mesmo olhos, os mesmos gestos, o mesmo sorriso.
Ele irá segurar minha mão, e estaremos juntos novamente.
 Desta vez para todo o sempre. 
Nenhuma lágrima, sofrimento ou dor.
Apenas uma boa grama, uma leve brisa ao entardecer e um violão.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Decision.

É ruim, dói,
 Mas vai passar uma hora. 
Eu queria você aqui,
 Mas tive que te mandar embora. 

sábado, 17 de março de 2012

Gritos.

Nenhuma palavra ou ação
Enquanto eu grito por dentro.
Apenas observo
Cada detalhe, gesto, sorriso.
Alegro e entristeço meu coração
Com a constante variação entre o
Toque e a distancia,
Sua voz e o silêncio.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Rotina.

Você tropeça e cai.
Você parte em pedaços e se cura.
Isso acontece tantas vezes
Que um dia você nem percebe mais.
Você passa a não sentir,
Agir no automático,
Levantar e prosseguir.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Para o Alexis.

E cada palavra que escrevo hoje aqui
Será apenas para dizer,
Que mesmo além da vida irei te amar.
Demore o tempo que tiver de levar,
Um dia te encontrarei
E será como se você nunca tivesse partido.

quinta-feira, 1 de março de 2012

Tudo Passa.

Depois da calmaria vem a tormenta.
O céu azul claro, dá lugar a um cinza e negro.
Um vento frio gela até a espinha
E olhando para os lados, vejo que você não está mais aqui.
O peito dói como nunca, e já quase não sinto bater.
É difícil respirar, o ar falta.
A carne dói, os ossos doem, no fim tudo acaba doendo.
E no quarto, na cama, no escuro,
Só resta eu, meus pensamentos e esperanças.
O desejo que essa tempestade passe,
Como outras já passaram.
E nos destroços eu me ache e te ache também.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Distância.

Tão fácil fazer o coração disparar,
Faltar o ar, estremecer.
Tão difícil não poder nunca tocar,
Sentir o calor, beijar e de tudo esquecer.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

C'est La Vie.

Ele nem mesmo lembrou o seu nome.
Olhou para ela como quem olha para uma desconhecida
Sem importância alguma.
Não lembrou da promessa de sempre cuidar.
Ele nem mesmo lembrou de como ela era
Especial e como ela era única.
Ele nem mesmo lembrou dos bons momentos, das noites
E das conversas até o amanhecer.
Ele nem mesmo lembrou como é ter um coração
E partiu o dela sem pena alguma.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Agora Ferrou.

Depois de suas palavras,
De ouvir sua voz,
De olhar em seus olhos,
De sentir seu abraço,
Não consegui mais te esquecer.
Acho que não tem mais solução,
Agora é trazer você pra minha vida
Colar você em mim
E guardar no coração.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

O Problema É Que,

Eu me digo todo dia que 
O problema nem é sentir.
O problema é que
Eu não fui capaz de fazer
Você sentir o mesmo por mim.
Mas a verdade é que
O problema é saber que 
Você é mais uma pessoa que
 Nem é capaz de sentir.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Morte Aos Puros Corações.

Morte ao coração que se encantou.
Morte ao coração que se permitiu.
Morte ao coração que se apaixonou.
Morte ao coração que se entregou.
Morte ao coração que por isso sofreu.
Morte ao coração que mais uma vez tentou.
Morte ao coração que se decepcionou.

Morte aos puros corações,
Teimosos e estúpidos.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Um Dia,

Um dia eu te conheci;
Um dia você me fez sorrir;
Um dia me apaixonei;
Um dia você sumiu;
Um dia eu sofri e chorei;
Um dia me acostumei,
E nesse dia você reapareceu.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Mil Em Uma.

Cheia de fases como a lua.
Instável como o mar em tempestade.
Mutante como um vírus.
Inconstante como as areias do deserto.
Rara como um cometa.

Acostume-se 
Ou
Afaste-se.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Era Uma Vez...

Era uma vez uma garota que gostava de um garoto,
Que gostava de outra garota, que não gostava de ninguém.
Um dia essa garota resolveu não gostar de ninguém
Para encontrar um garoto, que gostasse dela também.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

No More Tears.

Eu fui boa
E chorei até a última 
Gota secar.
Levantei a cabeça e pensei
Serei mesmo ruim,
E nunca mais
Terei de chorar.

Auto-Suficiência.

Hoje em dia, ter um coração
Ser bom, gentil, amar e cuidar
Não é qualidade, é defeito de fabricação.
Hoje em dia, ser você mesmo
Não é mais uma opção, é masoquismo.
Hoje em dia, ser dependente,
Precisar de algo além da sua mente
Não ser auto-suficiente, é pedir pra sofrer.
Hoje em dia, tenha certeza
Quanto mais você valoriza,
Menos valor você tem.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Neste Momento.

E quando você pensa que está tudo bem,
É exatamente neste momento em que
Aquela nuvem negra estaciona sobre seu céu.
E quando você se imagina risonho e feliz,
É exatamente neste momento em que
Seu rosto está borrado em cinza e sombras.
E sim, você está
Você sempre esteve sozinho.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Run.

Muitos acabam indo embora,
Partindo, fugindo.
Restando apenas um vazio ao lado,
Escuro e frio.
E quando mais parece que estamos só,
Temos ombros amigos.
E no fim das contas os que realmente
Importam,
São aqueles que ficam.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

No Control.

A cabeça já não é mais minha.
Os pensamentos estão distantes.
Meu coração não está comigo.
Meu sorriso já não me pertence.
O olhar não me acompanha.
Meu corpo, eu já não controlo.

O que está acontecendo?
O que há de errado?
Ou agora é que está tudo certo?

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Viva. Seja. Faça.

Não acabou, não está nem perto disso.
O começo de toda sua vida é agora.
Abra seus olhos, tire o nó da sua garganta,
Despregue seus pés do chão, permita-se voar,
Arme-se de coragem e determinação.
Limpe sua mente, viva em alta velocidade.
Quando o fim se aproximar, não tema
Não desacelere, não pare.
Feche os olhos, mergulhe fundo de cabeça.
Viva, seja, faça, até o último segundo.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

E Daí?!

E daí que as coisas dão errado?!
E daí que coisas ruins acontecem?!
Se tudo fosse bom e perfeito,
Se tudo desse sempre certo,
Onde ficariam as lutas, as batalhas
As derrotas, o sofrimento, a dor...
E principalmente, onde ficariam
A superação e a conquista?!

Por que você pode até perder o chão,
Mas com certeza você aprenderá a voar. 

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

It's My Life.

A vida é minha, ninguém mudará isso.
Torta ou direita.
Certa ou errada.
Feliz ou infeliz.
Santa ou pecadora.
As escolhas são minhas,
As consequências também.
A vida é minha, conforme-se com a ideia.
Satisfeita ou não.



terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Se...

Se eu disser que falar com você é bom, acredite.
Se eu disser que você me faz bem, você faz.
Se eu disser que você é especial, você é.
Se eu disser que gosto de você, realmente gosto.
Se eu disser que te amo, eu amo mesmo.
Se eu disser que te odeio, eu ainda te amo.
Agora,
 Se eu não disser mais nada acredite no meu silêncio.
Ele é tão verdadeiro quanto o nada que você já se tornou.


segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Alguém.

Eu sou alguém de sorte.
Alguém que pode contar 
Em ambas as mãos, as pessoas
Que eu amo,
Que confio,
Que quero por perto,
Que me fazem feliz.
Eu sou alguém de sorte.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Para o Alexis.

Você tornaria tudo mais fácil se estivesse aqui,
Não é mesmo amigo?
Você me diria coisas bobas, e me explicaria tudo o que
Eu não consigo entender.
Você colocaria um sorriso em meu rosto triste
E diria para não tirá-lo dali.
Você transformaria minhas lágrimas em atitudes,
E não me deixaria desistir.
Você seguraria minha mão firmemente e não soltaria
Nem se eu pedisse.
Você me mostraria aquela luz no fim do túnel,
E diria que nada está perdido.
Você não me deixaria desacreditar nunca no amor,
Mesmo que fosse no seu.
Você foi embora e ficou um buraco no meu peito
Não é mesmo amigo?
Você esqueceu de me dizer como faço pra te esquecer,
Por que hoje mais que nunca tá difícil.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Feeling.

Não é mais apenas um querer.
Eu preciso!
Tenho toda essa necessidade dele,
Dentro de mim.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Smirk!

São todas as pequenas coisas,
As palavras
Simples gestos,
A atenção,
Ouvir a voz,
Sentir o cheiro,
Poder tocar.
São todas as pequenas coisas,
Que me deixam
Assim,
Sorrindo à toa! 

domingo, 1 de janeiro de 2012

O Dia, Do Primeiro Dia.

Amigos, abraços,
Voz ao telefone,
Sorrisos, lágrimas,
Amor e felicidade.
Foi assim que começou,
É assim que continuará.

O meu brinde
Aos que há muito são especiais,
Aos que se tornaram especiais,
E aos que estão se tornando especiais.