segunda-feira, 22 de agosto de 2011

À Eternidade.

E aqueles foram os melhores minutos da minha vida.
A música tocava e nossos corpos seguiam no mesmo rítimo,
E o mundo ao redor desaparecia aos poucos;
Olhei em seus olhos e vi uma garota amada dentro deles,
Eu escutava seu coração com minha cabeça encostada em seu peito.
Segurava sua mão, sentia sua respiração e beijava sua boca,
Fechava os olhos com confiança, como nunca havia feito antes
Por que ao lado dele, e somente ao lado dele eu me sentia segura.
E aqueles foram os melhores minutos da minha vida.
E eu teria sorte se eles fossem eternos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário